Debate em defesa dos Centros de Formação de Condutores

Publicada em 04-10-18

 

WhatsApp Image 2018-10-04 at 11.24.13

Sindauto promove reunião empresarial com Detran Bahia e representações políticas parceiras do segmento

Um debate construtivo em defesa dos Centros de Formação de Condutores da Bahia. Foi com essa proposta que o Sindauto Bahia reuniu empresários nesta quinta-feira (04), para uma reunião com a participação do diretor-geral do Detran-BA, Lúcio Gomes, do deputado federal, Bacelar, e do candidato a deputado estadual, Fábio Reis.

Na pauta do encontro, importante temas foram abordados como a publicação da nova Portaria 1981, que trará avanços significativos como a informatização do processo e ampliação do prazo de 1 para 2 anos para a Renovação de Registro de CFC, definição de critérios para abertura de novos CFCs, o monitoramento de exames práticos e credenciamento de novas empresas prestadoras de serviço, além da representação, em Brasília, pela aprovação do projeto que concede isenção do IPI para veículos de autoescola.

“Já estamos fazendo um teste do processo eletrônico para renovação de registro, junto com nosso setor de informática. Cada empresário terá um login e senha para lançar a documentação e o próprio sistema vai gerar um protocolo”, adiantou o diretor geral Lúcio Gomes, em resposta a um dos pleitos da categoria. “Eu quero ser identificado como o representante dos CFCs e esse querer vai muito além da necessidade do voto. Vocês trabalham com educação e esta é minha maior bandeira de trabalho e pelo que luto em Brasília”, declarou o deputado federal Bacelar.

Além do compromisso pela isenção do IPI em Brasília, o deputado Bacelar garantiu apoio para viabilizar a adequação do modelo da Escola Pública do Detran, conforme sugestão já apresentada pelo sindicato. “Há um desvio de funcionalidade, pois entendemos que não é função do Detran-BA assumir o papel dos CFCs. Mas a carteira tem uma função social e a solução que estamos estudando é firmar uma parceria com as autoescolas, fazendo uma distribuição equilibrada das vagas e o segmento continuará cumprindo sua função”, declara.

O candidato a deputado estadual, Fábio Reis, reforçou a importância de uma articulação conjunta, em âmbito estadual e federal, a fim de propor soluções para o segmento, que sofre com a crise econômica. “Com a crise que o país enfrenta e o desemprego, nosso segmento sofre com a falta de alunos. Para agravar, as várias taxas elevam ainda mais os custos do nosso serviço. É muito importante que, unidos, possamos buscar formas de ajudar nossa categoria como um todo”, declarou o candidato Fábio Reis, reafirmando seu compromisso de luta em prol de empresários e funcionários do segmento.

Para o presidente do Sindauto Bahia, Francisco de Assis, a iniciativa foi proveitosa uma vez que destacou algumas demandas antigas da categoria, já encaminhadas pelo sindicato, além de estabelecer e reforçar a parceria que já vem sendo construída com importantes representações políticas. “Precisamos unir forças com aqueles que lutam pelo nosso segmento. Por isso é fundamental apoiarmos quem mostra disposição para abraçar nossas causas”, concluiu o presidente. Na ocasião, foi entregue uma minuta da Portaria 1981, com contribuições do sindicato para a norma que regulamenta o funcionamento do segmento no Estado.

 

WhatsApp Image 2018-10-04 at 11.24.11